O azeite Sabiá foi reconhecido pelo prêmio Brazil iOOC - International Olive Oil Competition e selecionado

pelo respeitado guia Flos Olei,

que publica os 500 melhores

azeites do mundo.

ARROW.png
 

Saiba mais

ARROW.png
 
 

Acidez

O que significa?

Ao contrário do que parece, a acidez do azeite não indica se o produto terá um sabor mais ou menos ácido. O índice de acidez nos fala sobre o estado de conservação das azeitonas; o quanto elas tiveram bom ou mal tratamento e conservação durante todo o processo de produção. Assim, quanto menor a acidez melhor o tratamento desses frutos no processo. O azeite extravirgem por exempo deve ter no máximo 0,8% de acidez livre.

arroew.png
 

Peróxidos

O que significa?

O índice de peróxidos reflete o quanto o azeite sofreu de oxidação durante sua produção. A oxidação compromete componentes benéficos do azeite, como os polifenóis e outros fitonutrientes que tem ação de proteções natural para o nosso corpo. Assim, ao indicar o quanto o azeite oxidou, os peróxidos nos indicam também o quanto esses componentes benéficos podem (ou não) ter sido desperdiçados no processo. Quanto menor esse índice maior a preservação do azeite, mais fresco ele é, e por mais tempo ele manterá suas propriedades antioxidantes.  
O nível máximo de peróxidos aceito

para um extravirgem é 20.

arroew.png

Absorção no Ultravioleta:

 

O que significa?

Este índice fornece informações sobre a conservação do azeite. Avalia a absorção da radiação ultravioleta para detectar a presença compostos anormais que podem ser formados durante a estocagem. A partir do teste em diferentes comprimentos de ondas, consegue-se indicar, por exemplo, se houve refino do azeite e seus níveis de oxidação.

 

Esses três parâmetros não possuem relação direta com a intensidade de sabor.

zapilon.png